Perseguem os fumadores. E os judeus?

images1

Já pensaram na localização dos campos de concentração?

Dá para aplicar aquela frase: “A minha alma ficou parva.” O motivo é a perseguição aos fumadores, por enquanto. Dá para perguntar a este governo tão neofascista: E os judeus? Quando começam a perseguir os judeus? E depois perguntar ainda: Já pensaram na localização dos campos de concentração? Escrevendo por miúdos (pois o pretexto são as crianças). Título no Diário de Notícias há dois dias atrás: “Pais fumadores vão ter cadastro”. E depois em destaque: “Governo quer mudar lei do tabaco. Cadastrar os pais que fumam é uma das decisões mais polémicas.” Os neofascistas no governo e na presidência da República estão com a “pica” toda. Refiro o Aventar em “Dizem que é um governo liberal”: “Primeiro levaram os anarquistas, mas eu não me importei porque não era nada comigo. Em seguida levaram alguns operários. Mas a mim não me afectou, porque eu não sou operário. Depois prenderam os sindicalistas. Mas eu não me incomodei, porque nunca fui sindicalista. Logo a seguir chegou a vez de alguns padres, mas como nunca fui religioso, também não liguei. Agora levaram-me a mim.” Não recordo o autor destas curtas linhas da citação mas é antigo, conhecido e muito esquecido. Só se acorda para o pesadelo quando, muitas vezes, já é tarde. Acordem! Este governo e este suposto presidente da República são neofascistas ou qualquer outra coisa do género! Agora perseguem os fumadores, depois os judeus, depois a si, depois o meu vizinho do lado… e depois a mim (não tem de ser por esta ordem). Todos sabemos que fumar faz mal e que não se deve fumar junto das crianças. Haverá até quem não tome em atenção que não deve fumar junto de crianças (para isso devem existir campanhas de sensibilização). Daí a radicalizar a perseguição aos fumadores e cadastrá-los? E depois o que virá a seguir? Qual o pretexto para saber se dá uma queca ou duas? Se a mãe ou o pai gemem quando fazem sexo? Se dizem mal do neofascista Cavaco Silva? Se detestam o Passos Coelho e o mentiroso do Paulo Portas? O que vem a seguir? O que será mais prejudicial? O fumo do cigarro do pai ou da mãe esporadicamente ou a poluição produzida sistemáticamente pelos automóveis e outras fontes de origem poluidora? Será mais prejudicial o fumo ou a inexistência de ordenados para manter dignamente a família e, principalmente os filhos? E as dificuldades existentes no acesso à saúde – criadas por este governo? E a alimentação (saudável)? É que já há crianças e adultos subnutridos. Que passam fome. E isso é responsabilidade de quem? Do governo. Governarem mal também nos mata, não é só o tabaco. Pois o melhor é encafuar esses trastes do governo no campo de concentração. Ou não será, senhores neofascistas? Por favor, uma campanha de sensibilizaçaão para os pais fumadores. Por favor, deixem os fumadores em paz, esclareçam-nos, eduquem-nos. Por favor, deixem também os judeus fazerem a vidinha deles. Campos de concentração ou arremessos de métodos pidescos não. Agradecida.

Ana Castelar

Anúncios

1 Comentário

Filed under Uncategorized

One response to “Perseguem os fumadores. E os judeus?

  1. Pingback: PÁGINA GLOBAL 26 NOV | AICL – Ass. Int'l dos Colóquios da Lusofonia

Deixar opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s