Mentes criminosas nos poderes

sem nome

Diz o Expresso que a exigência de apresentação do comprovativo de saldo bancário do agregado familiar aos estudantes requerentes dos serviços de ação social escolar é ilegal. É evidente que é ilegal, é inconstitucional, é fruto de mentes criminosas que abundam pelo atual governo e encontram em imensos funcionários um apetite voraz para serem mais papistas que o papa, mais pides do que aquilo que foi a antiga pide e é a nova pide (chamada SIS ou… SIR). Mas este hábito já vem de há muito e a prática de ilegalidade também foi já usada na concessão aos requerentes de prestações sociais como, por exemplo, o RSI. Provavelmente outros casos e exemplos existem mas deles ainda não fizeram eco. Por isso os desconhecemos. Dizem os que têm de passar pelo crivo da suposta mas denominada Segurança Social que a invasão de privacidade é bastante comum entre os requerentes e/ou beneficiários. Este é o resultado de mentes criminosas que ocupam os “mais altos cargos da nação”. Primam em preferir a ilegalidade, a inconstitucionalidade. Esse hábito até já ocupa Belém desde há tempos. Depois digam que o liberal-fascismo não está a avançar e a dominar-nos. Tem povo que prefere fazer-se de cego na esperança de se “safar”. Há quem chame a tal procedimento cobardia. E bem. Pois a Constituição é para ser cumprida, ou se não de nada valia terem de jurar cumprir e fazer cumprir a dita. Mentes criminosas nos poderes, isso é que é.

Otávio Arneiro

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixar opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s