Só 1400 escravos em Portugal?

lagrimas-de-crocodilo

“Quase 30 milhões de pessoas vivem  como escravos em todo o mundo,  perto de metade das quais na Índia, segundo a organização dos direitos humanos  Walk Free Foundation” – pode ler no Expresso. Trinta milhões. Só? Quais serão os requisitos, a fórmula, que aquela organização dos direitos humanos toma em consideração para declarar indivíduos escravos e não escravos? Seria muito interessante sabermos. Dizem que em Portugal existem cerca de 1400 escravos. Só? Por estes números podemos avaliar que ser escravo deverá depender de ter trabalhar ao som de chicote, ficar enjaulado e acorrentado entre e por ferros. Mesmo assim são demais esses 1400 em Portugal. Mas em Portugal existem escravos que não estão exatamente acorrentados com ferros mas sim às carências pessoais e familiares. Nestes casos o chicote toma a forma de chantagens, de falsidades, de cinismos, de despotismos. Por exemplo: o ministro da educação de Portugal é um incorrigível negreiro que vai criando as jaulas e correntes aos professores com vista a uma nova cara e etapa da moderna escravidão. O mesmo se passa com o governo e o despotismo com que visa os funcionários públicos. A escravidão é o rumo tomado por esses negreiros da modernidade a quem chamam ministros e usufruem dos poderes disso mesmo. E no privado os escravos já são imensos. Escravos, igualmente, são os trabalhadores precários. E etc., e etc. Não bramem o chicote, esses negreiros ministros e até mesmo o chamado presidente da república? Na verdade não. Não usam o chicote tradicional e inseparável dos negreiros de outrora mas usam muitos outros tipos de chicotes da atualidade. E modernos tipos de correntes, de cadeias nas mãos e nos pés de quem melhor aprovarem. 1400 escravos em Portugal? Ora, ora. Muitos mais. Muitos mais. Muitos milhares. Milhões. Por esse mundo fora nem conseguimos calcular.

Manuel Tiago

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixar opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s