Pobreza, Cavaco e a conversa da treta

phpThumb

Cavaco Silva, o nocivo presidente da República de Portugal da atualidade, vai falando da pobreza crescente e dizendo umas loas lamechas mas hipocritas para enganar não se sabe bem quem. Está mais que claro que as políticas do governo Passos-Portas tem a sua declarada cumplicidade e proteção. Foi há três dias, salvo erro, que voltou a passear-se pela pobreza que fustiga Portugal. “A luta contra a pobreza e exclusão deve estar na agenda dos responsáveis políticos, considerou nesta quarta-feira o Presidente da República no encerramento da entrega dos prémios Champalimaud de Visão.” Lê-se no jornal Público de há dias atrás. Fala, fala, mas assina de cruz e supostamente prazenteiro as políticas do seu pupilo governo que visam miserabilizar sempre e cada vez mais os portugueses. Foi há dias que falou “contra” (contra?) a pobreza galopante mas fez o mesmo em 2007, em 2008, em 2009… todos os anos seguintes e até hoje. Conversa da treta de Cavaco. O que é grave e demonstra a sua enorme hipocrisia. Em 2007, salvo erro (mais anos menos ano)  dizia e foi veiculado na imprensa:  “Pobreza: Números sobre realidade em Portugal envergonham Cavaco Silva”. Conversa da treta de Cavaco Silva. Em 2012 podiamos ler em entrevista: Cavaco Silva: É “impossível impor mais austeridade” aos “novos pobres“. Conversa da treta de Cavaco Silva, o pernicioso Presidente da República de Portugal. E conversa da treta porque desconhece-se que de algum modo tenha contribuido contra as medidas rumo à pobreza que devasta os portugueses. E vem lá mais pobreza. E vem lá mais e maiores lucros para os do costume, os que nunca são tocados (ou são tocados muito pouco), políticos e grandes empresários, banqueiros – os da lavra de Cavaco e de mais uns quantos. Os portugueses mereciam melhor sorte e um presidente da República que defendesse a República, as Justiça – a de barra e a social. Isso, em vez de corporizar um salazarismo ou outros ismos que adotam o “pobrezinhos mas felizes e honestos” que parecem ser tanto do seu agrado e daqueles que o rodeiam, governo incluido. Basta de conversa da treta. Basta de hipocrisia. Ou Cavaco muda de trajetória ou Portugal sucumbe de igual modo que já sucumbiram tantos portugueses. A pobreza já invade mais de 40 por cento dos portugueses. Uma vergonha com a chancela de Cavaco e do governo que tem protegido.

Otávio Arneiro

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Uncategorized

Deixar opinião

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s